Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

BOM DIA CERQUILHO, segunda 25 de maio de 2020

Cerquilho
Domi
24/05
21 °C
9 °C
Índice UV
6.0
Segu
25/05
21 °C
6 °C
Índice UV
6.0
Ter
26/05
21 °C
8 °C
Índice UV
6.0
Quar
27/05
22 °C
6 °C
Índice UV
6.0
Notícia

Cultura - Quinta-feira, 31 de Outubro de 2019


Noite de premiações do 31º Festival de Poemas de Cerquilho emociona o público


Noite de premiações do 31º Festival de Poemas de Cerquilho emociona o público

   A Prefeitura Municipal de Cerquilho realizou por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura e do Departamento de Cultura, a trigésima primeira edição do Festival de Poemas de Cerquilho - FEPOC.

   Na abertura do evento a Prefeitura de Cerquilho, através da Diretora do Teatro Municipal Meire Citroni, prestou uma singela homenagem a Regina Célia Gaiotto Marceri, que atuou como jurada de composição por muitos anos, tanto no FEPOC, quanto no Torneio Municipal de Poesias – TMP.  

   A homenagem foi feita com leitura de poesia do livro Filhos da Correnteza – 2009 de Regina Gaiotto, com flores que foram entregues ao Eloir  Marceri, marido da homenageada, com calorosos aplausos do público presente, em sinal de eterna gratidão pela jurada que era muito amada e respeitada por todos pelo seu amor e dedicação a literatura.

   O evento foi ainda mais abrilhantado com a participação especial do Grupo Musical João e Maria, integrantes da Camerata Les Ensembles, composto por Patrick Silva no Violoncelo, Tatiane Hena na Harpa e Lucas Rodrigues na Flauta Transversal, sob direção da Diretora do Grupo Yara Kashivagui. O grupo apresentou um repertório musical encantador e refinado, sendo muito elogiado por todos.

   A Comissão de Júri na Categoria Composição do 31º FEPOC foi composta por Érica Pakes Ferraz Conti, Damana Maria Rodrigues, Ivan Vagner Marcon e Beatriz Scudeler Almeida. Já na Categoria Interpretação, os jurados foram: Dieferson Alisson Gomes, Katia Cristina Mota e Ester Aparecida Moreira.

   Após as apresentações, foram anunciados os grandes vencedores do Festival. O 1° lugar em Composição foi para a poesia CERCADA DE POESIA, pseudônimo Cigana, com 35,73 pontos, autora CARLA PIRES DE CAMPOS ANASTÁCIO de Santo André/SP. Ela recebeu troféu e prêmio de R$ 1.500,00.

   Em segundo lugar ficou POESIA AOS CAOS, que tinha como pseudônimo Poeta Rap, com 33,96 pontos, de autoria de BRENO DE MATTOS BELMIRO DA SILVA do Bairro Águas Claras, de Cerquilho/SP. Levando para casa troféu e R$1.250,00.

   E, na terceira posição ficou a poesia A NOSTALGIA DE SER CRIANÇA, pseudônimo Chucho, com 33,51 pontos, do autor YURI PETRILLINETTO do Bairro Cidade Jardim de Cerquilho/SP. Ele ganhou troféu e R$ 1.000,00.

   Já na modalidade Interpretação, o primeiro lugar, com a pontuação máxima de 30 pontos, foi para a intérprete LUCIMARA PORTELA PEREIRA, cerquilhense de origem, residente em São Caetano do Sul, que interpretou a CANTIGA DAS MENINAS PARDAS, com o pseudônimo: GERTRUDES SEM SOBRENOME, de sua autoria. Ela recebeu troféus e o prêmio de R$1.500,00.

   O segundo colocado, com 29,04 pontos, foi BRENO DE MATTOS BELMIRO DA SILVA com a obra POESIA AO CAOS, pseudônimo POETA RAP, de sua própria. Ele que é de Cerquilho/SP, recebeu o troféu e R$ 1.250,00, conquistando assim o 2º Lugar em Composição e em Interpretação.

   E, em terceiro lugar, com 28,70 pontos, ficou o intérprete GABRIEL COELHO BASTOS, de Tatuí/SP, com a poesia REALIDADE PARALELA, pseudônimo LUCAS FROBISHER, de sua autoria, recebendo o prêmio de R$ 1.000,00 e troféu.

 

• Confira a Classificação dos Intérpretes do 31º FEPOC 2019 CLICANDO AQUI

 

• Confira a Classificação dos Compositores do 31º FEPOC 2019 CLICANDO AQUI

 

 

 

Breve currículo dos Jurados

 

• Érica Pakes Ferraz Conti, nascida em Cerquilho, é formada em Pedagogia, é filha da escritora e poetisa Isabel Pakes, afirma sentir-se lisonjeada e com uma responsabilidade ímpar em ocupar o lugar que fora ocupado pela mãe poetisa.

 

• Damana Maria Rodrigues, nascida em Cerquilho, com formação em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Metodista de Piracicaba - Unimep, conquistou o 14º Prêmio “Losso Netto” de Jornalismo oferecido pelo Jornal de Piracicaba (JP). Damana é filha do poeta Deraldo Rodrigues e Maria Antônia Abreu, exerce a função de Editora-Chefe há 20 anos do Jornal Folha de Tietê.

 

• Ivan Vagner Marcon, nascido em Tatuí, reside em Cerquilho e é graduado em Pedagogia e Letras, realiza pesquisas em Linguística e Literatura, além de lecionar, escrever e traduzir. Filiado a Sociedade de Autores Teatrais - SBAT, Ivan possui poemas, contos e crônicas em dezenas de Antologias (virtuais e impressas) no Brasil, Portugal e Espanha.

No gênero poesia, ele publicou os livros “Em alguma parte inteiro” (Scortecci, 2013) e “Nume” (Scortecci, 2019). Vencedor de diversas premiações em concursos literários promovidos por universidades, prefeituras e fundações culturais. Em 2018 foi eleito Conselheiro de Cultura do município de Porto Feliz/SP e curador da Antologia Sarau Aqui, projeto premiado pelo ProAcSP (Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo).

 

• Beatriz Scudeler Almeida, cursando 8º semestre do Curso de Direito na Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), tem formação completa no Curso de Inglês e desde 2016 realiza Manutenção de Fluência em Inglês pela Fundação Richard Hugh Fisk, com especialização no curso de Inglês na escola “CI MIAMI”. Realizou curso de Francês Iniciante pela Wizard by Pearson.

Na área literária, Beatriz lançou seu primeiro livro “O Segredo de Olívia” em 2015. Participou da Semana Literária promovida pelo SESI de Cerquilho, além de entrevistas para os Jornais Folha de Cerquilho e Nossa Cidade, revista Fique em Evidência e Escola de Inglês EC Miami. Atualmente, a escritora trabalha em processo de publicação de seu segundo Livro “O Tom Perfeito”. A escritora afirma que espera escrever histórias e publicá-las pelo resto da vida, porque realmente ama criar e escrever.

  

• Dieferson Alisson Gomes é estilista, figurinista e designer, o cerquilhense iniciou sua carreira artística com a poesia nos palcos do FEPOC em Cerquilho em 2002, participando de 10 edições do Festival, conquistando 6 vezes o primeiro lugar, 2 vezes o segundo e 2 vezes a terceira colocação na categoria Interpretação. Graduado em Moda, estudou durante um ano de Artes Visuais. Atualmente é proprietário da marca Dief Gomes Atelier em São Paulo, trabalhando na confecção de vestidos sob medida para noivas, festas, e design de joias personalizadas.

Há sete anos é convidado a criar figurinos de Teatro, para espetáculos para renomada Cia. Sala 3 de Teatro de Goiânia. Fez trabalhos de pesquisa em Moda e Arte em Milão, Madri e Paris. É vencedor do Prêmio Novíssima Geração da FENIT em 2007. Desfilou suas coleções em São Paulo e na Colômbia. Vestiu mulheres como Ana Maria Braga, Palmirinha, Cátia Fonseca, Carol Fiorentino, Valentina Shulz, entre outras. Jurado de Interpretação do FEPOC desde 2.018.

 

• Ester Aparecida Moreira, nascida em São Paulo veio para Cerquilho, terra natal de seu pai em 2.000. Em 2001, teve sua primeira participação no FEPOC, alcançando o 4º lugar na categoria Composição, no ano seguinte alcançou o 1º lugar na mesma categoria com a Poesia Tambores. Em 2003, teve sua primeira participação na categoria Interpretação, sendo premiada por diversas vezes nesta modalidade. Formada como Mestre de Cerimônias e Locutora pelo Senac-SP, fez da Comunicação Verbal sua arte, seja exercendo-a na apresentação de diversos tipos de eventos como Apresentadora, Locutora e Mestre de Cerimônias como através de Palestras sobre diferentes assuntos e áreas.

 

• Kátia Cristina Mota, cerquilhense, atuante na área da Educação, com destaque na área literária. Tem Graduação Plena – 2013 UNIP - Universidade Paulista - Letras - Português/Espanhol,  Pós Graduação – 2017 na  FTP - Faculdade de Tecnologia de Palmas  Literatura Contemporânea. Graduação Plena – 2018  FAMOSP - Faculdade Mozarteum de São Paulo Artes Visuais. Atuou como avaliadora do COLIJUC - Concurso Literário e de Ilustração Infanto Juvenil promovido pela Prefeitura Municipal de Cerquilho, nos anos de 2011,   2012, 2016, 2018.

Na área da Educação atuou como Professora de Língua Portuguesa, Leitura e Produção Textual, na Prefeitura Municipal de Cerquilho, foi também professora Língua Portuguesa pelo Governo do Estado de São Paulo, professora de Língua Espanhola na Escola People Idiomas em Cerquilho e, atualmente, atua como Professora de Artes junto a Prefeitura Municipal Jumirim.

Kátia tem poemas publicados na Revista Literária e Cultural Novitas de vera Cruz – Rio Grande do Sul, nas Edições nº6, nº9 e n° 12 no ano de 2.011. E Conto Publicado na Coletânea Senhoras Obscenas, pela Editora Patuá, São Paulo em 2019. Recebeu Menção Honrosa no 9º Concurso Literário de Canoas, 2009. Foi classificada na Fase Estadual do Mapa Cultural Paulista 2011/2012, categoria conto, na cidade de Araçoiaba da Serra-SP, representando a região de Sorocaba, em 2011. Nos anos seguintes teve Menção Honrosa no 25º e 27º FEPOC em Cerquilho. É vencedora do Mapa Cultural Paulista 2013/2014, categoria conto, em São Paulo, 2014

FacebookTwitterWhatsApp

voltar para a listagem de notícias...

Telefones Públicos
TELEFONES PÚBLICOS
PREFEITURA MUNICIPAL
  • (15) 3384-9111
SECRETARIA DE SAÚDE
  • (15) 3288-4110
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
  • (15) 3384-8333

Ver todos os telefones...

Prefeitura Municipal de Cerquilho

Rua Engenheiro Urbano de Pádua Araujo, 28 - Centro
Cerquilho - SP, 18520-000

Website Desenvolvido porKing Page - Fábrica de Software