.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

Presencial - segunda a sexta-feira das 9h às 14h | Após às 14h, atendimento por telefone e e-mail

Educação - Segunda-feira, 26 de Setembro de 2022

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Alunos recebem visita inusitada de criador e treinador de pombos correios

+


No dia 12/08/2022, a Escola Municipal de Educação Infantil “Profª Araci Pilon Grando” recebeu a visita do Sr. Vander Bertanha, criador e treinador de pombos correios. Foi um momento enriquecedor aos alunos e a equipe escolar, que durante a semana desempenharam ações referentes ao Cuidado Animal (uma das diretivas do Programa Município VerdeAzul).

Vander explicou que de acordo com dados históricos, os pombos correios foram os primeiros mensageiros, usados na antiguidade servindo faraós, reis e também trabalharam duro nas duas guerras mundiais. 

É interessante e curioso o fato deles voltarem e a logística que eles têm. Hoje são considerados atletas, porque são usados em competições chamadas columbofilia, esporte através da criação dos pombos correios.

Todas essas aves têm uma anilha (anel) em uma das pernas que é colocada quando o animal tem oito dias. É como se fosse um RG onde constam ano de nascimento, país de origem e também o número de registro do pombo.

O animal tem um incrível senso de direção, podendo percorrer até mil quilômetros em provas. A respeito dessa capacidade de orientação, existem várias teorias. Uma delas, que talvez seja a mais forte, é que eles se orientem através de linhas magnéticas (as ondas magnéticas) da Terra. Outra teoria é através do sol, o que também chega a ser uma certeza, porque em dias nublados essas aves têm dificuldade em se localizar e achar o caminho.

Na verdade, o pombo não leva; mas traz a mensagem, pois volta sempre ao ponto de origem (o lugar onde nasceu). Ele gosta do lar onde vive e sempre volta para a casa. Porém, há risco de ser capturado por gaviões ou existem casos que retornam depois de anos. Vander nos contou que em uma dessas atividades, um de seus pombos não voltou, mas retornou depois de um ano.

Todos os pombos são vacinados, vermifugados e recebem alimentação balanceada (mistura de grãos como: ervilha, trigo e amendoim). O macho tem uma saliência em cima do bico, mais avantajada e o peito mais brilhante. O treinamento é feito à base de recompensa com alimento. Como se fosse um atleta, a ave é treinada diariamente com o tempo cronometrado.

É preciso fazer um treino diário de 40 minutos até uma hora e meia. Para não exceder o horário e se desgastarem voando em volta do próprio pombal, o treinador chama-os através de um apito e oferece alimento. Já conhecendo esse som, todos eles acabam vindo, descem, comem e só vão sair no dia seguinte. 

Antes de apreciarem à solta dos pombos correios, as crianças tiveram a oportunidade de ver de perto um dos pombos trazidos pelo Sr. Vander e quem teve curiosidade, pode passar a mão no pássaro. Lembrando que as mensagens da unidade escolar foram enroladas e presas pelo treinador nas anilhas das aves, que deixou a todos encantados com a novidade. Enfim, formando uma revoada, os pombos foram soltos ao mesmo tempo e o bando voltou para casa.

1414 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.
.

Prefeitura Municipal de Cerquilho - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.